Como emagrecer de forma saudável - www.detoxhoje.com.br

Como emagrecer de forma saudável

Como emagrecer de forma saudável

Está cada vez maior o número de pessoas que buscam como emagrecer, entretanto, é essencial que esse emagrecimento ocorra de forma saudável. Perder peso é uma tarefa mais complexa do que se imagina.

Isso porque o peso indicado na balança é um número que não descreve exatamente o estado de saúde de cada pessoa. Perder peso pode significar tanto a manutenção da saúde como o enfraquecimento corporal.

Por isso, emagrecer de forma saudável é uma tarefa que exige determinado esforço de qualquer pessoa para que a saúde em geral se mantenha e que, ao perder peso, a pessoa elimine apenas o que não é necessário para o organismo.

Neste artigo, elencamos alguns pontos principais que você precisa se atentar para que o seu processo de emagrecimento seja saudável e que a sua saúde não seja comprometida com a perda de peso.

Como emagrecer de forma saudável

Preparamos 10 fatores que influenciarão diretamente no seu processo de emagrecimento e que, quando trabalhados da forma correta, podem potencializar e acelerar o processo de perda de peso.

Desde a rotina de sono até a alimentação, emagrecer com saúde significa transformar o estilo de vida para buscar o peso ideal com um corpo confortável e uma garantia de qualidade de vida.

Déficit calórico

A base para qualquer processo de emagrecimento é a execução diária do déficit calórico. Isso significa que, ao final de cada dia, as pessoas que desejam emagrecer precisam ter gasto menos calorias do que consumiram.

Entretanto, cada pessoa possui um metabolismo diferente e o valor do déficit calórico necessário para o emagrecimento varia para cada indivíduo. O ideal é que sejam feitos exames de avaliação para chegar nesse coeficiente.

Existem duas formas de avaliação mais comuns, uma é chamada de teste de bioimpedância e outra é a calorimetria.

Bioimpedância

O exame de bioimpedância é um exame realizado em clínicas ou, até mesmo, em academias, por aparelhos especializados que detalham a composição corporal do paciente.

Com este exame, é possível quantificar a água, a gordura e o tecido muscular, além de informações sobre o estado nutricional. Enfim, objetivo deste exame é entregar informações que vão além do peso.

Calorimetria

Em suma, a calorimetria é um exame que mede, de forma estimada, a quantidade de calorias que o seu corpo gasta estando em repouso diariamente. Este é um exame que é realizado apenas em clínicas e hospitais.

A base deste teste é o quanto de oxigênio o corpo consome em repouso e, também, a quantidade de gás carbônico que é produzido durante o mesmo período de tempo.

Este é, sem dúvidas, o melhor método para determinar as necessidades do paciente relacionadas à energia. Sendo assim, fica mais fácil calcular o déficit energético diário, que é fundamental na perda de peso.

Prática de atividades físicas

O ideal é praticar 1h de exercício, 6 vezes na semana.

Caso você não possua tempo, o treino HIIT é uma alternativa interessante que pode entregar resultados semelhantes ao treino contínuo, utilizando 40% do tempo.

Atividades físicas em jejum pode ser um diferencial na perda de peso, sendo importante, inclusive, para a oxidação de gorduras. É importante ressaltar que a prática de exercícios em jejum possui contraindicações.

Pessoas que possuem a saúde em dia não terão grandes problemas em fazer os seus exercícios aeróbicos antes da primeira refeição, entretanto, esta prática não é indicada para idosos e pessoas com comorbidades.

Estímulos diferentes geram mais resultados. Nosso corpo possui uma grande capacidade de adaptação aos estímulos e, com o tempo, estes começam a fazer menos efeito. Por isso, é necessária a variação.

Esta variação é indicada tanto na alimentação quanto nas atividades físicas. Procure ingerir uma grande variedade de alimentos e, na hora de treinar e queimar calorias, pratique exercícios variados para exigir ainda mais do seu corpo.

Equilíbrio hormonal

Manter os hormônios em equilíbrio é uma necessidade do ser humano e, para aqueles que querem saber como emagrecer de forma saudável, esta á uma tarefa primordial.

Dentre os vários hormônios produzidos pelo corpo, três deles merecem atenção e serão destacados a seguir: a insulina, o hormônio sexual e os hormônios tireoidianos.

Insulina

A grande maioria das pessoas que estão acima do peso possuem resistência insulínica, ou seja, a insulina produzida pelo corpo começa a se tornar insuficiente no seu trabalho e o organismo precisa produzi-la em maior quantidade.

Em suma, a insulina é o hormônio responsável pela inserção de glicose nas células. Entretanto, quando há uma concentração de gordura, principalmente na região abdominal, a resistência insulínica se torna cada vez mais forte.

Tratar a resistência insulínica é necessário para o emagrecimento saudável. Este tratamento pode ser feito de diversas formas e você pode aliá-las para potencializar a efetividade das suas ações.

Diminuir a ingestão de carboidratos é uma excelente opção, pois, assim, o estímulo alimentar da insulina é reduzido. A prática de atividades físicas também é uma excelente forma de diminuir esta resistência.

Hormônio sexual

Outro hormônio que precisa ser controlado é o hormônio sexual. O nível hormonal do ser humano interfere em diversos pontos da sua vida, inclusive no acúmulo de gordura e na capacidade de aceleração do metabolismo.

Um exemplo disso é a menopausa, que é inevitável para as mulheres e que modifica o comportamento do metabolismo feminino. Nesta fase, as mulheres aumentam a tendência de acúmulo de gordura na região abdominal.

Já nos homens, a deficiência de testosterona pode gerar várias modificações no corpo, incluindo uma maior resistência insulínica e a síndrome metabólica. A resistência insulínica que, por sua vez, pode gerar maior deficiência de testosterona.

Como você pôde perceber, nos homens, esse desequilíbrio hormonal gera um ciclo vicioso e extremamente prejudicial para a saúde. Se você quer saber como emagrecer de forma saudável, precisa entender como está o seu equilíbrio hormonal.

A principal solução para este problema, tanto para homens quanto para mulheres, é a reposição hormonal através de medicamentos. Vale lembrar que esta reposição depende de recomendação médica.

Hormônios tireoidianos

As estimativas de alguns estudos concluem que cerca de 30% de todo o metabolismo do corpo humano seja dependente do hormônio tireoidiano. Pequenos desequilíbrios já podem ter alterações no peso e na saúde.

Saúde intestinal

A saúde da flora intestinal está diretamente ligada ao processo de ganho ou perda de peso. Com uma saúde do intestino defasada, a absorção de substâncias indesejadas é aumentada.

Além disso, com a saúde intestinal defasada, o corpo pode criar uma maior resistência insulínica, aumentar o acúmulo de gorduras e desregular dois fatores importantes da alimentação: apetite e saciedade.

Sem dúvidas, o segredo para uma saúde intestinal de qualidade é a alimentação natural, com o consumo de vegetais, legumes e verduras. O ideal é que sejam consumidas entre 6 e 9 porções destes alimentos por dia.

Sono de qualidade

como emagrecer

Pessoas com menos de 6 horas de sono podem ter problemas relacionados ao emagrecimento. Poucas horas de sono aumentam a produção de grelina, que é conhecido como o “hormônio da fome”.

Além disso, dormir pouco também diminui a produção de leptina, que é o hormônio que inibe o apetite e aumenta a resistência insulínica. Outro ponto é que a disposição para as atividades físicas também é defasada.

Jantar cedo

como emagrecer

A última refeição do dia é importante para a rotina alimentar saudável, entretanto, é primordial que o corpo humano tenha de 12 a 14 horas de jejum, por isso, busque fazer a sua última refeição mais cedo.

A tendência é que as pessoas que jantam mais cedo possam atingir um índice de emagrecimento até 30% maior do que aquelas que comem em horários tardios. Mesmo que ambas tenham a mesma rotina de alimentação e atividade física.

Possuir um ritmo biológico sincronizado é importante se você quer saber como emagrecer de forma saudável. Portanto, jantar cedo, dormir cedo e acordar cedo são pontos importantíssimos para um emagrecimento saudável.

Controle da compulsão e do estresse

A compulsão pela ingestão de alimentos é um distúrbio comum na maioria das pessoas, entretanto, o que muda para cada indivíduo é o alimento motivador dessa compulsão. Um grande exemplo para este distúrbio é o açúcar.

A compulsão alimentar é uma prática que precisa ser controlada e este controle pode ser feito através de medicamentos ou com auxílio psicológico, como a terapia.

O fato é que emagrecer de forma saudável é muito mais difícil para pessoas que possuem compulsão alimentar. No caso do açúcar, por exemplo, que é um alimento altamente viciante, emagrecer se torna muito mais difícil.

O estresse é um fator que precisa de atenção na rotina de qualquer pessoa, principalmente naquelas que estão buscando como emagrecer. Isso porque este estado emocional faz com que as pessoas busquem suas zonas de conforto.

Em grande parte dos casos, as zonas de conforto estão diretamente ligadas à ausência de atividades físicas e ao consumo de alimentos dos mais variados tipos. Muitas pessoas, inclusive, recorrem ao açúcar.

É interessante notar que problemas com estresse potencializam as compulsões alimentares. Pessoas altamente estressadas tendem a recorrer aos seus vícios para buscar maior estabilidade emocional.

Toxinas ambientais

como emagrecer

Plásticos, conservantes, agrotóxicos, entre outras substâncias presentes no nosso dia a dia podem ser extremamente tóxicas para o nosso organismo. Elas provocam alterações no sistema hormonal e provocando o acúmulo de gordura.

A mudança no estilo de vida é necessária para um emagrecimento saudável, principalmente com a diminuição do consumo de alimentos industrializados e o cuidado com a utilização excessiva de cosméticos, por exemplo.

Esta é uma das mudanças mais difíceis, afinal, alimentos enlatados e industrializados estão cada vez mais presentes nas nossas vidas. A utilização de cosméticos também se tornou uma realidade para qualquer pessoa.

Entretanto, se você quer saber como emagrecer de forma saudável, precisará fazer alguns sacrifícios da sua rotina e abdicar de algumas práticas que podem prejudicar a sua saúde.

Remédios que engordam

como emagrecer

Existem diversos medicamentos que são de uso comum e que estão presentes no cotidiano das pessoas e podem prejudicar o emagrecimento. Alguns exemplos são medicamentos anticonvulsivantes e anti-hipertensivos.

Em momento algum você deve parar de tomar algum tipo de medicamento necessário para que consiga acelerar o processo de emagrecimento. O primeiro passo é conversar com o seu médico.

Entender como cada medicamento age no seu organismo e buscar a instrução com um especialista para saber se determinado medicamento está atrapalhando o processo de emagrecimento é muito importante.

Eliminar o efeito sanfona

Toda vez que você consegue perder peso, o seu metabolismo cai e isso é inevitável. Entretanto, quando ocorre um ganho de peso posterior, o metabolismo não retoma a sua capacidade anterior.

A tendência é que o seu metabolismo recupere um pouco da sua capacidade, mas não tudo o que foi perdido. Com isso, com o passar do tempo, o efeito sanfona vai prejudicando o processo de emagrecimento de forma permanente.

Pessoas que engordam e emagrecem com certa constância tendem a ter mais dificuldades de perder peso com o tempo. Isso porque o corpo humano trabalha para manter as suas reservas de energia.

Por uma questão fisiológica e de sobrevivência, o corpo entende que a queima de gorduras e a eliminação da reserva energética são um risco. Com isso, cada vez que ele consegue recuperar suas reservas, a capacidade de eliminação diminui.

Entretanto, a tendência é que o seu corpo vá se adaptando ao seu peso e ao seu estilo de vida. Com o tempo, mantendo o seu peso e uma rotina saudável, seu corpo entenderá que não precisa criar reservas e você tende a lutar menos contra a balança.

Conclusão

Se você quer realmente saber como emagrecer de forma saudável, precisa estar disposto(a) a realizar algumas mudanças na sua rotina diária. Adaptar-se a um novo formato mais saudável de viver é essencial para a manutenção da saúde.

Além disso, perder peso de forma saudável requer constância e disciplina. Seu projeto de emagrecimento deve sempre levar em consideração períodos longos, geralmente superiores a 1 ano e meio de transformação.

Gostou do artigo de hoje sobre como fazer a dieta ? Deixe Seu comentário abaixo e não se esqueça de curtir nossa página no instagram DETOX HOJE

DESINCHÁS: TRATAMENTO NATURAL E EFICAZ PARA VOCÊ DESINCHAR CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS!

Compartilhe esse artigo nas suas redes sociais ⬇⬇

Sobre o Autor

Fabricio
Fabricio

Fabrício Policarpo é apaixonado por vida saudável e adora pedalar, praticar atividades físicas e se alimentar bem. É o fundador do Blog Detox Hoje, que nasceu devido a necessidade por informações de qualidade sobre saúde, bem estar e emagrecimento saudável que as pessoas estão precisando nos tempos modernos onde cada vez mais o número de pessoas acima do peso está aumentando. Nos tempos atuais até crianças estão tendo problemas com a obesidade e também com doenças mais graves como o câncer devido ao estilo de vida moderno e também problemas respiratórios devido a poluição. O Detox Hoje foi criado para ajudar o maior número de pessoas possível a obterem uma saúde e estética melhores. E seguindo as dicas e recomendações aqui passadas com certeza você vai conseguir obter excelentes resultados. Não esqueça de ativar as notificações para que você não perca novos artigos no blog.

7 Comentários


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *