Como desinchar a barriga - www.detoxhoje.com.br

Como desinchar a barriga

Como desinchar a barriga

A sensação de inchaço na região abdominal gera um desconforto em qualquer pessoa, afinal, junto com ela, vem uma indisposição e um mal estar inconveniente. Entretanto, existem meios para desinchar a barriga.

Antes de pensar no que fazer para se livrar desse inchaço, é necessário entender o que pode causa-lo e, assim, agir para removê-lo do seu corpo.

Boa parte das pessoas que possuem uma barriga protuberante possuem problemas de inchaço além da gordura abdominal. Isso ocorre porque, na maioria das vezes, a alimentação não está saudável.

Neste artigo, falaremos um pouco sobre a sensação de inchaço da barriga e algumas dicas para você conseguir acabar com a sensação ruim e desinchar a barriga.

O que causa o inchaço abdominal?

Entender o que causa a sensação de inchaço é primordial para que você consiga definir a estratégia para elimina-la. Diversos fatores vão te ajudar nessa definição, inclusive o momento em que você sente que está mais desconfortável.

Por exemplo, se você acabou de almoçar e, logo em seguida, sente-se pesado, com mal estar e com uma alta indisposição, é bem provável que você tenha ingerido alimentos que fizeram com que você se sentisse dessa forma.

Entretanto, se você sente a sua barriga inchada por períodos maiores de tempo, mesmo em horários que você não fez alguma refeição, as causas podem ser outras e a forma como você vai trata-las é diferente.

Por isso, procure observar a sua rotina, se mantenha atento às suas ações e as consequências delas, como em um café da tarde ou durante um dia de trabalho comum.

Em suma, a barriga inchada é causada por 2 fatores principais:

  • acúmulo de gases na região abdominal;
  • retenção de líquidos na região abdominal.

Para que você entenda exatamente como funciona cada um desses fenômenos, explicaremos por que acontecem, qual a frequência e o que você precisa fazer para se livrar da sensação de inchaço.

Acúmulo de gases

Você almoça, come o seu arroz com feijão tradicional, sem um excesso de temperos ou sal. Tudo indica que esta será uma refeição comum, porém, ao finalizar o seu almoço, percebe a sensação de má digestão.

A má digestão causa sintomas como barriga inchada, indisposição, arrotos sucessivos, entre outras sensações incômodas e que parecem dificultar até mesmo a locomoção do corpo.

Tudo isso acontece, principalmente, devido ao acúmulo de gases intestinais que são produzidos de acordo com o alimento que você ingere. Nesse caso, o feijão pode auxiliar na formação desses gases.

Ao executar a digestão, os alimentos ingeridos são processados e gases são liberados. Estes gases são expelidos do seu corpo, geralmente, em forma de arrotos ou, ainda, flatulência.

Este é um fenômeno ainda mais comum quando a refeição é feita com pressa, onde a mastigação não é completa e o corpo entra em movimentação imediatamente após finalizar a refeição.

Má digestão por intolerância

Ainda relacionado à formação de gases intestinais e à má digestão, a sensação de inchaço na barriga também pode estar ligada a algum tipo de intolerância a um alimento ingerido. Esta intolerância também fará a liberação de gases excessivos.

Por exemplo, uma pessoa intolerante à lactose que come queijo tende a sentir dores, incômodos e inchaço na região abdominal. Além disso, outros sintomas como flatulência e diarreia também se apresentarão.

Tudo isso acontece porque o seu sistema digestivo não consegue fazer o processamento completo dos alimentos que foram ingeridos e as reações do organismo são desagradáveis.

É importante que, em caso de recorrência na sensação de má digestão, um médico seja procurado e exames sejam feitos para entender se o seu organismo possui alguma intolerância.

Retenção de líquidos

Outro fator que também gera o inchaço na barriga e, neste caso, não só na barriga. O inchaço pode acontecer em várias partes do corpo e as causas são muito semelhantes.

Naturalmente, nosso corpo absorve líquidos e os expele por meio da urina. Quando o corpo retém uma quantidade excessiva de líquido, a sensação de inchaço aparece e o mal estar vem junto com ela.

Quando retém água, seu corpo está dando sinais que não possui previsão para ser hidratado novamente, retendo líquido e evitando a desidratação. A solução para isso é, sem dúvidas, tomar água com maior regularidade.

Além disso, a alimentação também influencia na retenção de líquido abdominal. Um exemplo disso é o consumo de sal de forma não moderada. O sal faz com que mais líquido entre na nossa corrente sanguínea e gere o inchaço.

Outros alimentos como carboidratos e álcool também contribuem para que o organismo passe a reter mais líquido. O ideal é sempre possuir um acompanhamento profissional para equilibrar a sua alimentação.

O que fazer para desinchar a barriga?

Existem mais possibilidades de causadores do inchaço abdominal, entretanto, estas 2 são as que mais assolam o cotidiano das pessoas e é nelas que vamos empregar o foco para solucionar este problema.

Desinchar a barriga não é uma tarefa fácil, você precisará combinar uma série de mudanças na sua rotina para que consiga atingir resultados mais relevantes e mais rápidos.

Antes de sair por aí seguindo receitas ou treinos milagrosos, busque entender os cenários em que os inchaços ocorrem e, também, a intensidade dos mesmos. Quando o mal estar é muito forte, o ideal é realmente procurar um médico.

Modificando a alimentação

desinchar a barriga

Se o maior causador da sensação de inchaço é a alimentação, ela será a primeira impactada pelas mudanças na sua rotina e você precisará de foco e disciplina para manter uma regularidade no tratamento.

Desinchar a barriga não é algo que será feito em uma semana e mantido para a vida toda se você não mantiver a sua alimentação saudável e minimamente regrada.

É importante entender, também, que cada organismo reagirá de um jeito diferente às mudanças e os resultados virão em momentos diferentes. De qualquer forma, as coisas não acontecerão de um dia para o outro.

Procurar um nutricionista ou um endocrinologista que crie uma rotina alimentar mais completa é a solução ideal, entretanto, nem sempre você poderá fazer uma consulta a qualquer momento.

Comer menos e mais vezes

Procure tornar a alimentação parte de uma rotina baseada em horários e com os tipos de alimentos certos que devem ser consumidos. O segredo da alimentação saudável está em comer menos por mais vezes.

Isso quer dizer que você vai se alimentar durante todo o dia, com intervalos de 2 a 3 horas, entretanto, em quantidades menores por refeição. No início essa tarefa pode ser difícil, você sentirá menos saciedade, porém, é importante.

Imagine que o seu organismo está habituado a se alimentar 3 vezes ao dia (manhã, tarde e noite) com grandes quantidades de comida. Isso quer dizer que ele precisará fazer uma digestão muito mais complexa a cada refeição.

Quando você começa a modificar a rotina e entregar alimentos mais vezes ao dia e em menor quantidade, seu corpo pode estranhar e apresentar possíveis sinais de fraqueza e fome mais constante, algo que é normal.

Com o tempo, seu organismo se adapta e começa a entender que receberá “combustível” mais vezes e não precisa de um grande esforço para digerir as refeições.

Esta prática reduzirá a retenção de líquidos e também diminuirá a quantidade de gases gerados na digestão de refeições maiores como o almoço e a janta.

Entendendo o que pode comer

Procure substituir os alimentos que são vilões da alimentação saudável por alternativas mais agradáveis para o seu corpo. Açúcar, pão e outros carboidratos, por exemplo, precisam ser consumidos de forma moderada.

Se você gosta de comer pão e não quer deixar este hábito, procure substituir o pão branco tradicional por um pão integral, que possua grãos e fibras. Este pão será melhor para o seu organismo e os seus nutrientes serão melhor aproveitados.

Carnes também podem ser consumidas em menor quantidade. Lembre-se que é complexo para o seu corpo digerir a proteína animal, junto com a gordura e tudo o que compõe a carne por si só.

Normalmente, o seu sistema digestivo levará horas para conseguir processar toda a carne consumida. Desta forma, a sensação de inchaço pode aparecer. Menores quantidades resultarão em menos tempo de digestão.

Praticando exercícios físicos com regularidade

desinchar a barriga

Não existe recomendação para redução de inchaço sem á prática de exercícios físicos. Se você quer realmente desinchar a barriga, lembre-se de adquirir uma rotina de atividades que farão com que o seu corpo consuma energia.

Corridas, caminhadas, passeios de bicicleta ou natação são ótimas opções. Em geral, atividades aeróbicas são muito úteis para que o inchaço seja resolvido e você comece a viver com melhor qualidade de vida.

É claro que a prática de exercícios, aliada à alimentação mais regrada, transformará a sua vida como um todo, pois, além do inchaço, você começará a notar um corpo melhor modelado e mais saudável.

Se for possível, procure variar nos exercícios praticados. A ida à academia pode ajudar nessa parte, pois os treinos variam para cada grupo muscular e o seu corpo é estimulado de diferentes formas.

A intensidade dos exercícios também pode ser variada. Na verdade, ela é, geralmente, progressiva. Uma pessoa que está iniciando as suas atividades físicas começará com menor intensidade e a aumentará com o tempo.

Como o corpo está sempre se adaptando, manter a intensidade sempre torna a atividade menos efetiva com o tempo. Seu corpo vai se adaptar e você vai intensificar os treinos para exigir mais ainda dele.

O resultado para isso será em forma de redução de inchaço, gorduras e, também, na formação de definição dos tecidos musculares. Tudo contribuirá para uma vida mais saudável e um corpo mais bonito.

Beba água

desinchar a barriga

Pode parecer clichê falar sobre o consumo de água, porém, a falta deste componente em maior quantidade e frequência no seu dia a dia causa diferentes reações no corpo.

Assim como acontece com nutrientes quando a pessoa demora para se alimentar, com a água não é diferente.

Quando você demora muito tempo para tomar água, seu corpo começa a reter líquidos para evitar a desidratação. Parece até contraditório, mas a retenção hídrica é um sinal de falta de água.

Por isso, procure consumir água em diversos momentos do seu dia, mesmo que em quantidades menores. Faça como as refeições, porém, com espaçamentos menores. Você não precisa esperar 3 horas para tomar um copo de água.

Lembre-se que beber água é diferente de ingerir outros líquidos. Sua rotina mais saudável não terá o mesmo efeito se, em vez de água, você começar a ingerir refrigerantes e bebidas alcoólicas com frequência.

As substâncias presentes nessas bebidas, principalmente o açúcar, farão o efeito contrário e contribuirão novamente para o aumento da barriga. Ao invés de desinchar a barriga, você estará contribuindo para o efeito inverso.

Procure o auxílio de um profissional

desinchar a barriga

Ninguém melhor do que um nutricionista ou um endocrinologista para dizer o que está causando o inchaço abdominal e o que você precisa fazer para desinchar a barriga.

Com o acompanhamento, você conseguirá entender as causas, definir as soluções e criar uma rotina, tanto de atividades físicas quanto de alimentação, tornando mais fácil a regularidade no tratamento.

É importantíssimo que o tratamento seja seguido à risca para que os resultados apareçam. Entenda que desinchar a barriga é uma tarefa difícil e que exige tempo, porém, incha-la é algo fácil e você pode desperdiçar o seu progresso.

Siga as orientações, faça treinos semanais com constância e mantenha a sua alimentação regrada. Somente assim você conseguirá melhorar a sua qualidade de vida e desinchar a barriga.

Conclusão

Existem muitos fatores que podem levar a uma barriga inchada, entretanto, existem alguns pontos em comum entre todos os motivadores. Para desinchar a barriga, você precisará entende-los e trabalhar para soluciona-los.

A alimentação e a rotina de exercícios serão os principais pontos de mudança na sua rotina e na saúde do seu corpo. Cuidando destes dois pilares, você conseguirá melhorar e muito a sua qualidade de vida.

Por fim, o auxílio de um profissional será essencial para que você siga pelo caminho certo na sua rotina e, em caso de sintomas mais graves, possíveis complicações sejam identificadas e tratadas.

Gostou do artigo de hoje “Como desinchar a barriga“? Deixe Seu comentário abaixo e não se esqueça de curtir nossa página no instagram DETOX HOJE

Quer saber como emagrecer em 30 dias da forma mais natural possível? Então CLIQUE AQUI

Compartilhe esse artigo nas suas redes sociais ⬇⬇

Sobre o Autor

Fabricio
Fabricio

Fabrício Policarpo é apaixonado por vida saudável e adora pedalar, praticar atividades físicas e se alimentar bem. É o fundador do Blog Detox Hoje, que nasceu devido a necessidade por informações de qualidade sobre saúde, bem estar e emagrecimento saudável que as pessoas estão precisando nos tempos modernos onde cada vez mais o número de pessoas acima do peso está aumentando. Nos tempos atuais até crianças estão tendo problemas com a obesidade e também com doenças mais graves como o câncer devido ao estilo de vida moderno e também problemas respiratórios devido a poluição. O Detox Hoje foi criado para ajudar o maior número de pessoas possível a obterem uma saúde e estética melhores. E seguindo as dicas e recomendações aqui passadas com certeza você vai conseguir obter excelentes resultados. Não esqueça de ativar as notificações para que você não perca novos artigos no blog.

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *